A Música melhora o desempenho escolar

Alguns pais pensam que Aulas de Música podem atrapalhar os estudos das crianças na escola. Porém, muito pelo contrário, a música melhora o desempenho escolar.

Certamente foi o que mostrou um estudo feito em 2013, pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em parceria com o Instituto ABCD, que ajuda na identificação e tratamento de distúrbios de aprendizagem.

Nesse estudo, foram encontradas evidências de que o ensino de música tem efeito positivo no desempenho acadêmico de crianças e adolescentes.

Nele, foram acompanhadas 27 crianças de escolas públicas que tinham problemas de leitura e aprendizagem.

Então, metade dessas crianças começou a frequentar aulas de música 3 vezes na semana.

E, como resultado, em 5 meses, as notas de português e matemática deles melhorou e a habilidade de leitura desenvolveu-se mais que a dos outros colegas sem educação musical.

A Música melhora o desempenho escolar
Minha filha Beatriz tocando piano.

Mas, por que isso acontece?

É provável que essa melhora se dê porque, durante uma aula de música, os alunos ativam diversas habilidades e áreas do cérebro simultaneamente .

Aliás, a música demanda, ao mesmo tempo: coordenação motora, audição, atenção, foco, memória e visão.

Portanto, é desenvolvida a capacidade de concentração, de foco e de criatividade das crianças. Consequentemente, melhorando o desempenho escolar.

Além disso, outro ponto importante é que esse processo que decodifica as métricas musicais envolve as mesmas funções cerebrais utilizadas na lógica e na matemática.

Ou seja, é por isso que o estudo da Unifesp nos mostrou melhora nas notas tanto em português como em matemática dos que fizeram aulas de música.

O papel dos Professores de Música

Para concluir, algo que eu sempre falo é que nós, Professores de Música, precisamos mostrar isso para os pais dos nossos alunos.

Ou seja, os pais dos nossos alunos precisam entender e ver o real valor que a música traz na vida de seus filhos e de todos nós.

Gostou desse conteúdo?

Se você gostou desse post, me siga no Instagram para mais conteúdo de qualidade sobre Educação Musical!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *